Home Galeria Artistas Exposições
   Angelo Venosa - desenhos
     release | o artista| obras      


A partir do dia 01 de abril, a galeria Mercedes Viegas Arte Contemporânea apresentará a exposição Desenhos de Angelo Venosa. Esta será a primeira individual realizada pela galeria neste ano. Angelo Venosa, que não expõe individualmente no Rio de Janeiro desde 1998, apresentará nove peças inéditas. Estas são, em sua maioria, planares, objetos de parede: desenhos recortados em alumínio e aço corten, a partir de matéria prima digital oriunda do processo de fatiamento, por ressonância magnética, do corpo humano.

A série de trabalhos que será apresentada, lida com os resíduos de um projeto anteriormente realizado pelo artista — as inúmeras linhas, curvas vetoriais, usadas inicialmente na reconstrução / reinterpretação de um corpo humano fatiado. Essas linhas, que no projeto original correspondiam à rigorosa seqüência e posição no espaço, agora são efluentes, sobras de material, novelos na caixa de costura, manipuladas sem o rigor de origem. Não importa mais a posição na seqüência da série, não importa a conformação geométrica, estas linhas passam a ser qualquer coisa, inútil desenho.

As linhas — arestas de planos anelados com dimensões “x” por “y” e posicionamento que seguiam um passo regular no eixo “z” -, estão agora sobrepostas em um único plano. Esse plano, que poderia ser a superfície do papel, (podendo ter essas linhas, nesse caso, valor gráfico, espessura, cor, intensidade) é, nesta série, plano concreto - parede. Tem realidade física; espessura, massa e peso. Estes desenhos / não-desenhos, são recortes em chapas metálicas: alumínio e aço corten.
Um se metamorfoseia dependendo da incidência luminosa, dificultando a tentativa de se encontrar o ponto ideal de visão. O outro, mais denso, revela em sua superfície uma amostra o mais honesta possível da experiência do tempo.

   2007 | 2006 | 2005  | próxima exposição